Cơm cháy

Vietnam, um turismo gastronômico

Como o Igor ainda está se recuperando da Dengue, não podemos passar por muitas aventuras no Vietnam. Por isso, resolvemos gastar todo o dinheiro destinado a turismo e passeios, em boas refeições. Nosso objetivo foi provar um pouco de tudo da culinária vietnamita que tem uma grande influência chinesa.

Bánh cuốn

Charutinho de noodle de arroz misturado com alface, hortelã pedaços de porco e dois camarões. Acompanha um molho adocicado com cebola e alho. Um sabor bastante exótico mas enjoativo, dois é a medida certa.

Bánh cuốn
Bánh cuốn

Cơm Cháy

Arroz queimado com hortelã, fio de carne seca e pepino, delicioso. Eu pedi um pouco de arroz para acompanhar pois é muito seco para comer sozinho. Recomendo!

Cơm cháy
Cơm cháy

Bún bò nam bộ

Prato bastante comum por aqui. Uma cama de noodle de arroz coberta por carne de vaca temperada com alho frito e cebola. Acompanha amendoim e broto de feijão ao molho de peixe.

Bún bò nam bộ
Bún bò nam bộ

Bún cha

O Bún Cha é o churrasco dos vietnamitas. Ele é preparado na calçada, em uma pequena churrasqueira com um ventilador em cima. Depois de pronta, a carne é cortada com uma tesoura e servida em um molho com tempero de vinagre. Muito bom, e a simpatia da vietnamita não tem preço.

Bún Cha, o churrasco vietnamita
Bún Cha, churrasco de rua

Cà phê sữa nóng/sữa đá

O famoso Vietnamese Iced Coffee é feito com café torrado produzido no Vietnam, filtrado individualmente para cada porção. Junto com o café coloca-se um quarto de  leite condensado e uma pedra de gelo. Incrível. Para acompanhar, comemos um doce de coco chamado Bánh dứa Kap e uma espécie de sonho com pouco açúcar, o Bánh cuộn kem.

Vietnamese Iced Coffee
Vietnamese Iced Coffee

Entre uma refeição e outra, uma vendedora de frutas nos parou na rua para tirarmos foto ao estilo vietnamita. Óbvio que entramos na brincadeira.

Kris carregando frutas nas ruas de Hanoi
Kris carregando frutas nas ruas de Hanói

Depois de provar bastante o tempero do país, resolvemos ter uma experiência um pouco mais próxima da nossa realidade.

Igor se deliciando com a Picanha servida na churrascaria
Igor se deliciando com a Picanha servida na churrascaria

Como bons brasileiros há 6 meses longe de casa, não conseguimos esconder o sorriso de comer um rodízio com direito a picanha e caipirinha. Fomos em um restaurante chamado Au Lac do Brazil que importa as carnes da Nova Zelândia e serve vinagrete, arroz, feijão preto e banana frita de acompanhamento. Nem preciso dizer que saímos rolando de lá, há tempos não sentíamos aquela tristeza depois do almoço, como é bom!

Alegria de uma churrascaria
Alegria de uma churrascaria

Comentários

comments

Powered by Facebook Comments

Author: kris