Roteiro Índia

O nosso planejamento

Ainda no Brasil, resolvemos não planejar o nosso tempo na India. Inicialmente até tentamos, porém foi muito difícil encontrar passagens então resolvemos chegar e ver o que acontecia.

Eram 3 horas da manhã quando acordamos em Amritsar, a cidade do Golden Temple, e fomos de taxi até a ferroviária rumo a Delhi. Apesar de ser uma viagem de baixo custo, optamos pelo taxi pois ainda estavamos muito deslocados, sentindo medo em alguns momentos.

Chegamos na ferroviária e tive a sensação de estar entrando em um desses filmes sobre o final dos tempos. Um galpão enorme, com todas as lojas e seus portões de ferro fechados, em um piso de concreto mal acabado. Existiam ali algumas cadeiras, mas a maioria estava quebrada. As paredes eram manchadas de urina e o cheiro entregava isso. Tinham mais de 100 pessoas deitadas, apertadas no chão, cobertas por uma manta toda rasgada e suja.

Entramos naquele lugar estranho e fomos pedir orientação sobre o nosso trem. Um senhor que trabalhava ali, pegou o papel da nossa mão e nos orientou a ir para a plataforma 3 e 4.

Subimos uma escada em que conseguiamos ver todas as plataformas. A 3 e a 4 não estavam no mesmo lugar, então tivemos que escolher uma delas. Nosso critério de seleção foi, a mais cheia, que passasse uma sensação maior de segurança e que tivesse uma barraca para comprarmos água. Descemos na 4.

Compramos a água e ficamos cerca de 5 minutos de pé, parados, sem saber o que fazer. Eramos as únicas pessoas estranhas ali dentro, e todos que passavam, nos olhavam como se fossemos de outro planeta. Nesse momento o medo tomou conta, tudo que eu queria era entrar logo no trem e chegar em Delhi.

Finalmente resolvemos andar e encontramos mais 3 seres de outro planeta, no caso, a Nova Zelândia. Nesse momento não tive dúvida, fui logo puxando um assunto: vocês também vão para Delhi? É esse o trem? Nem tinha terminado a frase e já estavamos sentados ao lado deles. Eles estavam tão tranquilos com aquela situação, que parecia que o filme que passava na cabeça deles era um desses da seção da tarde. O que me fez me sentir muito estranha e exagerada. Como pode eles serem ets igual a nós e estarem nessa tranquilidade toda? Acho que preciso trabalhar a minha neura.

Depois de 5 minutos, as pessoas começaram a entrar no trem e nós fomos atrás. Uma lista colada com cola de escola no lado de fora do vagão tinha o nosso nome. Achamos nossos assentos, no caso nossas camas e ali dormimos por 6 horas até chegarmos em Delhi.

Fomos orientados a ir a uma agência de turismo uma vez que era um período festivo e as passagens de trem poderiam acabar. O nosso planejamento era conhecer 6 cidades da India em 50 dias, mas o vendedor nos convenceu que a melhor forma de conhecer a India é ficar pouco tempo em cada cidade uma vez que o país é muito grande e em cada cidade você consegue ver um pouquinho da India. Gostamos da ideia. Na sequencia, ele comentou que viajar de ônibus de uma cidade para a outra era impossível uma vez que colocam sempre gente a mais que o permitido e muitas vezes você tem que viajar por 12 horas de pé.

Conclusão, fechamos um pacote, de taxi, com um motorista que nos levará para conhecer 10 cidades em 17 dias.

Confesso que naquele momento, saber que não precisaria mais passar pelo que passamos na ferroviária era um alívio enorme. Era como se alguém tivesse dado colo para a angústia que sentimos. Conversamos bastante sobre o fato de fechar ou não o pacote, uma vez que queremos vivenciar os lugares e não apenas fazer turismo. Mas percebemos que o nosso choque cultural foi muito forte e que a India teria de ser em doses homeopáticas.

Depois dos 17 dias acompanhados por um local, pegaremos um trem para conhecer Varanasi. Nessa cidade, passaremos 7 dias e o nosso objetivo é justamente entrar em contato com a cultura e pessoas da região. Depois disso, Ashram por mais 15 para refletir sobre tudo que vivenciaremos até lá.

Roteiro Índia
Roteiro Índia

Essa será a nossa India, planejada ou não, será a nossa experiência. Espero que consiga aprender muito por aqui, e levar pelo menos um pouco da paz e tranquilidade que as pessoas parecem ter por aqui.

Comentários

comments

Powered by Facebook Comments

Author: kris