f y r
_

Passeio de Buggy em Natal

Pra variar, chegamos em Natal sem planejar nada, a não ser os mergulhos. Tivemos apenas 2 dias livres na capital do Rio Grande no Norte e resolvemos sair da cidade e conhecer o litoral Norte.

Mapa do Litoral norte de Natal
Mapa do Litoral de Natal. Imagem: www.aquisefazgostoso.com.br

Andando na praia de Ponta Negra, onde ficamos hospedados, fomos abordados por diversas pessoas que vendiam passeios na região. Você tem a opção de ir de ônibus, de quadriciclo ou de buggy, a forma mais comum e divertida de se locomover na região. Os passeios duram o dia todo e custam em torno de R$80 por pessoa, as paradas são feitas em pontos estratégicos para curtir a praia, conhecer as dunas, tomar caipirinha e comer frutos do mar.

Kris e Igor no Buggy em Genipabu
Cruzando o Rio Genipabu de buggy em cima de uma balsa de madeira e isopor

A nossa primeira parada foi nas dunas de Genipabu com vista para a lagoa que recebe o mesmo nome. As dunas se movimentam devido a ação do vento, que é muito intenso no litoral  do Rio Grande do Norte, por isso a paisagem é sempre nova, mas dificulta a locomoção quando não se conhece bem a região.

Dunas e Lagoa de Genipabu
Dunas e Lagoa de Genipabu

O nosso guia, Onaird, trabalha há 20 anos como bugueiro e conhece cada canto daquelas dunas. Ele nos garantiu um passeio com emoção, ou seja, com manobras em alta velocidade com o buggy na areia. Confesso que no meio das manobras eu me arrependi um pouco dessa escolha, pois você tem a sensação de que o buggy vai tombar a qualquer momento, mas eu faria tudo de novo e pediria ainda mais emoção!

Buggy com vista para a praia de Genipabu
Buggy com vista para a praia de Genipabu

Outro atrativo da região é o passeio de dromedário nas dunas. Eles foram trazidos da Espanha por um Suíço que se apaixonou por Natal e resolveu abrir um “negócio”, o passeio de 15 minutos custa R$50,00. Eu particularmente não gostei da forma como eles tratam os animais, que ficam com uma focinheira amarrada no rabo do animal à frente, fazendo uma espécie de fila que é puxada por apenas uma pessoa. Não gosto de incentivar esse tipo de turismo, por isso fiquei no buggy apenas curtindo a vista para a cidade de Natal.

Dromedários nas Dunas de Ganipabu
Dromedários nas Dunas de Ganipabu

Um dos pontos altos do passeio, que faz muito sucesso principalmente com as crianças é o esquibunda, modalidade esportiva que requer uma duna, um pedaço de madeira, parafina e uma bunda. Pagando R$13,00 por pessoa você desce a duna em alta velocidade se equilibrando com as mãos e é puxado para cima por um teleférico improvisado.

Esquibunda nas dunas
Esquibunda nas dunas

A parada do esquibunda tem toda uma infraestrutura pronta pra receber os turistas que também podem fazer o aerobunda ou descer com uma prancha em cima de uma lona.

Aerobunda do lado esquerdo e kamikaze do lado direito
Aerobunda do lado esquerdo e kamikaze do lado direito

Depois de toda essa adrenalina paramos para almoçar no Restaurante Naf Naf, com direito a buffet de frutos do mar, água de coco, caipirinha e de sobremesa um sorvete de pinga Pitu, que só se encontra na praia de Muriú.

Almoço pé na areia
Almoço pé na areia

Depois de curtir algumas horas na praia, voltamos para Natal e a noite fomos conhecer a casa de forró Rastapé, lotada em plena quarta-feira. A casa tem dois ambientes, no primeiro você escuta forró universitário, e no outro o forró pé de serra legítimo com direito a repentista. O pessoal vai lá para dançar, e é demais ver esse lado da cultura nordestina misturada com turistas de todos os cantos do mundo.

Entrada da casa de forró Rastapé
Entrada da casa de forró Rastapé

 

Comentários

comments

Powered by Facebook Comments

Share