f y r
_

Arrumando a mala

Chegou a hora que antecede a partida. Enquanto a adrenalina corre e a ansiedade come solta, temos que enfrentar a parte mais chata de todas: arrumar a mala. Isso significa escolher os equipamentos e acessórios que nos acompanharão nos próximos meses, e principalmente que carregaremos nas costas. Depois de separar o que vou levar, coloco tudo sobre a cama e percebo o quanto eu exagerei. Com medo de “ficarmos na mão” e esquecermos algo essencial, acabamos levando muita coisa. A grande verdade é que pouquíssimas coisas realmente não podem ser esquecidas. Veja bem, aquela sua camiseta  feita de um tecido leve, respirável e que seca rápido, no fundo é só uma camiseta. Caso você esqueça ela, sempre poderá comprar uma outra qualquer o meio do caminho, pois sempre vai haver uma civilização no meio do seu caminho e todo mundo precisa de camisetas. Oras, até os índios se vestem atualmente.

Todas as coisas que carreguei nas costas, antes de entrarem na mochila
Todas as coisas que carreguei nas costas, antes de entrarem na mochila
Algumas regras de ouro que passei a seguir.
  • Me perguntar “Eu realmente preciso disso? Quantas vezes vou usar? Se levei em viagens anteriores, quantas vezes eu usei?”
  • A única coisa que realmente não dá pra usar mais de uma vez são as roupas íntimas. Camisetas costumam durar 1 dia e meio, em alguns casos até mais. Em lugares frios da pra usar até 3 dias a mesma camiseta. Caso seu destino seja praia, você realmente precisa de uma meia para cada dia?
  • Reduzir ao máximo o peso e volume na necessaire. Pra que levar um pote inteiro de shampoo para uma viagem de 10 dias? Compre um frasco pequeno e seja feliz.  E o desodorante, tem que ser aerosol? Um rollon costuma durar muito mais tempo e ser muito menor.
  • Todas as roupas só entram na mochila depois de dobradas e enroladas, assim ocupam menos espaço.
  • Também adotei organizadores para separar as coisas em volumes menores. Fica muito mais fácil na hora de montar e desmontar a mochila.
Organizador, uma ótima maneira de arrumar a parte de dentro da sua mala
Organizador, uma ótima maneira de arrumar a parte de dentro da sua mala

Se tem algo que aprendi em nossa viagem, é que vale a pena economizar alguns quilos nas costas em troca da possibilidade muitas vezes distante de precisar de algo. No meu exemplo, eu separei tudo o que queria levar para nosso mochilão. Assim que percebi o exagero, reduzi em 1/3 tudo o que estava esperando para entrar na mala. Quando cheguei no aeroporto e coloquei tudo na balança, vi que deveria te reduzido ainda mais. Comecei a viagem carregando um total de 26kgs entre mochila cargueira e mochila secundária, e no meio do caminho fui me desfazendo de cada quilo que poderia. Depois de nove meses na estrada, voltei para o Brasil carregando 7 quilos a menos do que quando saí.

Comentários

comments

Powered by Facebook Comments

Share